Abdominoplastia
1/3

Solicite uma Consulta

Candidatas

Homens e mulheres cujo abdome é desproporcional ao resto do corpo devido ao excesso de pele e gordura ou devido ao enfraquecimento da musculatura abdominal. Isto ocorre principalmente em mulheres após a gravidez

Incisões e técnica:

Uma incisão horizontal é feita logo acima do púbis e estende-se lateralmente até os ossos da bacia. O comprimento da cicatriz depende da quantidade de pele que precisa ser retirada. Geralmente a cicatriz fica escondida pelo traje de banho. Quando o excesso de pele é pequeno e os depósitos de gordura se concentram abaixo do umbigo, a incisão horizontal pode ser bem pequena. É o que chamamos de mini-abdominoplastia.

 

Quando há excesso de pele acima do umbigo é feita uma segunda incisão ao redor do umbigo, liberando-o da pele abdominal; o excesso de pele é então puxado para baixo e retirado, o umbigo é reposicionado, permanecendo em seu local original.

Tempo de recuperação

Volta ao trabalho: 2 a 3 semanas. Esforços físicos, exercícios e tomar sol: 4 a 6 semanas ou mais. Desaparecimento ou aplanamento das cicatrizes: entre 3 meses e dois anos.

Duração dos Resultados

O abdome deverá permanecer firme e liso por muitos anos se não houver aumento de peso ou gravidez. No entanto, com os anos, com a gravidade e o envelhecimento, talvez seja necessário um segundo procedimento para melhorar o contorno corporal.

Detalhes

Quem planeja ficar grávida no futuro ou perder peso deve discutir o assunto antes da cirurgia. As cicatrizes de cirurgias abdominais anteriores pode influir e limitar os resultados da abdominoplastia. Pode haver uma melhora nas estrias localizadas abaixo do umbigo, onde a pele será retirada. As estrias da pele acima do umbigo ficam menos visíveis quando a pele é esticada. Às vezes a lipoaspiração pode ser usada em lugar de uma abdominoplastia ou em conjunto com ela.

Objetivo

Melhorar a forma do abdome retirando o excesso de pele e gordura e corrigindo a musculatura da parede abdominal.

Anestesia

Anestesia geral é necessária quando a parede muscular tem que ser corrigida. Nos outros casos é preciso apenas anestesia local com sedação.

Duração da operação

2 a 4 horas.

In/Outpatient:

Uma abdominoplastia completa necessita no mínimo de 24 horas de internação (especialmente se combinada a outra cirurgia). A mini-abdominoplastia pode ser feita em regime de ambulatório, embora a internação por 24 horas seja mais confortável.

Sensibilidade da recuperação

Dor temporária pode ser tratada com analgésicos. Inchaço, sensibilidade, insensibilidade da pele abdominal, equimoses e cansaço podem durar algumas semanas. Pequenos drenos, quando utilizados são retirados após alguns dias. Eles são usados para evitar o acúmulo de líquidos na parede abdominal. Os curativos são trocados em dias alternados nas duas primeiras semanas. Uma cinta poderá ser usada durante 20 a 30 dias. Os pontos são retirados em estágios entre a primeira e segunda semanas.

Riscos

Coleção de líquido embaixo do retalho. Coágulos de sangue, infecção, sangramento debaixo da pele. Reações à anestesia. Cicatrização prolongada. Cicatrizes visíveis ou perda de pele. Necessidade de segunda operação. Possibilidade de aparecimento de quelóides (cicatrizes grossas) em pacientes com tendência. Qualquer destas complicações pode ocorrer, mas todas as precauções são tomadas para evitar esta possibilidade.

Entre em contato

Cascais
Av. 25 de Abril, 900

Lisboa
Hospital Saint Louis
Rua Luz Soriano 182, 1o. andar
Bairro Alto

 

Siga-nos

  • w-facebook

Mais sobre nós

  • w-linkedin

OK MIDDLE EAST

  • Twitter Clean

KHALEEJ TIMES

Tel: +351 911 926 196

© 1996-2019 por Dr. Luiz Toledo. Todos os direitos reservados.